quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Desejos para 2016

clique na imagem para ampliar

(-) Estresse no trabalho, (+) Segurança pública, (-) Violência, (+) Justiça, (+) Reconhecimento, (+) Confiança, (+) Estudos, (+) Conhecimento e (-) Corrupção na política.

Se é pedir muito, não sei, mas fica aqui o registro...

O Geek Fail e família deseja a todos um abençoado e próspero Ano Novo!

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Fake Player 2


Que atire o primeiro mouse quem nunca aplicou uma dessas naquele priminho chorão ou no irmão mais novo que ficavam só querendo saber quando era a vez deles no vídeo game.

x D

Fonte: Velhos Tempos via Instagram

terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Tipos de mentes

Política, religião e futebol são assuntos que rendem muito pano pra manga quando colocados em discussão. Não faço alusão a nenhum partido e também não estou a favor ou contra nenhum deles, apenas torço pela justiça. Mas diante de tanta coisa que tem rolado por aí em torno do assunto, uma tiradinha como essa não poderia passar em branco:


Fonte: indicado pelo colega Dieison Nonnenmacher

Só tem treta


Porque a internet é movida por tretas...

sexta-feira, 25 de dezembro de 2015

Guirlanda de Natal estilo Nerd


Fonte: compartilhado pelo colega Alexandre Jacinto

quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

Feliz Natal


O Geek Fail deseja a todos os seus leitores e amigos um Feliz Natal!!!

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Dar um tempo

"Dar um tempo geralmente é resumido em dar uma olhada na tela do outro"

Pra você que prefere ficar navegando no celular ao contrário de conversar cara a cara com seus amigos...

Fonte: 8crap via Instagram

domingo, 20 de dezembro de 2015

Microsoft mata cães pra fabricar controlador de Playstation


Hahaha...

Como diria o William Boner no Twiiter: "Ri litros".

Fonte: Conçelhos Evangélicos via Facebook

Maneiras de dormir conforme a sua profissão

Cada pessoa tem seu jeito de dormir. Uns dormem de lado, outros dormem de bruços e outros ainda dormem com a barriga pra cima. Mas e se as pessoas dormissem conforme a sua profissão?


Bom, o mendigo dormiria no chão, o rei dormiria em uma cama de luxo, o empresário também dormiria em uma cama de luxo e confortável, o geek dormiria ao lado de vários apetrechos, o fazendeiro dormiria em uma cama improvisada, o astronauta dormiria conforme a lei da gravidade, o mágico dormiria com seu corpo desconjuntado, o ladrão dormiria embaixo da cama, o soldado dormiria em prontidão, a prostituta dormiria montada, e o estudante de engenharia... bem, acho que esse nem tem tempo pra dormir.

x ]

Fonte: Wonderful Engineering via Facebook

Prevenção em nível Star Wars

"Eu não vou ser seu pai"

Já que agora quase tudo tem a sua versão "guerra nas estrelas", vale o trocadilho.

Fonte: 9GAG via Instagram

terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Multiplayer na década de 1990


Só quem passou sabe como era o esforço pra "jogar de dois" no mesmo teclado nessa época.

Fonte: 9GAG (via Instagram)

Mais que um simples presente de Natal

Gift Card de Natal

Não sei se convém citar qualquer detalhe antes de você assistir o vídeo, portando, assista:


Inusitadamente esse é o comercial de Natal do site com o maior acervo erótico da internet, o Pornhub. A página sugere como presente um gift card que garante acesso premium a conteúdos exclusivos, livres de anúncios e com vídeos de alta qualidade.

E aí, vai garantir o seu card, digo, o do seu avô?

Fonte: Ah Negão

Sem verba para o roteiro


Ah, o roteiro nem é tão importante assim mesmo...

Fonte: UOL Tecnologia

iPad de antigamente


E dizer que hoje as crianças quase já são paridas com um iPad (de verdade) na mão...

Fonte: Velhos Tempos (via Instagram)

sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Como zoar com um usuário de aplicativos móveis


Fonte: xkcd

Até o Papai Noel usa Whatsapp

Nem mesmo o bom velhinho resistiu ao Whatsapp. Resolveu modernizar e agora usa o famigerado aplicativo na comunicação com as dezenas de milhares de crianças que desejam submeter seus pedidos ao Papai Noel.


O WhatsNoel é o mais novo canal para atendimento ao público que deseja visitar o Natal Luz de Gramado/RS, na serra. As pessoas que quiserem saber detalhes sobre a programação, datas, horários, dúvidas e qualquer outra informação sobre o evento, podem mandar um "whats" para (54) 92320000 que com muito bom humor e um diálogo repleto de "Hohoho's" serão respondidos pelos ajudantes do Papai Noel, uma equipe que trabalhará das 10h às 22h, durante os 80 dias do evento.

Na sua 30ª edição, o Natal Luz iniciou no dia 30 de outubro de 2015 e vai até dia 17 de janeiro de 2016. Serão mais de 500 apresentações e cerca de 2 milhões de pessoas são esperadas durante todo o período do evento.

Fonte: G1 RS e Jornal NH

terça-feira, 10 de novembro de 2015

Essa geração (This generation)

As mudanças que a dependência tecnológica trouxe pra nossa vida são evidentes. Bom, talvez não tão evidentes porque muita coisa já virou rotina. Mas basta uma breve análise pra constatações curiosas e assustadoras. E foi isso que o design Ajit Johnson resolveu demonstrar com a temática #ThisGeneration, consistindo na elaboração de cartazes que satirizam nossos vícios. Selecionei alguns deles e compartilho abaixo:

Bebês preferem brincar com um tablet no lugar de brinquedos tradicionais

Wi-Fi virou fonte de vida 

Última visualização no Whatsup X Última visualização nos seus livros

NOLIKEOPHOBIA: O medo de não receber curtidas

Internet X Realidade

Escondendo o "conteúdo proibido"

Tempo no banheiro X Tempo pra tirar uma selfie

A anotação de ontem é a foto de hoje

Pensar antes de falar, Google antes de postar

Itens pra mudar todos os dias

Se quiser ver mais desses cartazes, tente aqui e aqui.

Fonte: Pop Cidade

Eu amo meu computador

"Eu amo meu computador porque todos os meus amigos moram dentro dele!"

Aham, bem assim...

Fonte: 8crap via Instagram

Celulares e o cultivo de bactérias

Segundo um estudo (não muito recente, pois foi apresentado em meados de 2010) desenvolvido pela organização britânica de defesa dos consumidores, Which, a partir de 30 aparelhos analisados, ficou constatado que um celular pode abrigar até 18 vezes mais bactérias que o botão/cordinha/alavanca de uma descarga de banheiro masculino.


Baseado nesses resultados, alguns anos depois até saiu no Kickstarter um projeto chamado PhoneSoap (saboneteira pra celular, em tradução), prometendo higienizar o aparelho enquanto ele carrega.

Apesar do tempo desde a pesquisa até aqui, não acredito que as pessoas ficaram menos relaxadas, portanto, é bem provável que a nojeira continue nos aparelhos que utilizamos hoje.

sexta-feira, 6 de novembro de 2015

Demonstração da lâmpada FLC Super LED com controle remoto

Quando chego em casa muito cansado, depois de tomar um banho e comer alguma coisa, entro no quarto e acabo deitando na cama sem apagar a luz. As vezes vem aquela vontade de virar para o lado e dormir mas é ruim porque a luz está ligada, então preciso levantar, ir até o interruptor e desligar.

Pensando em uma solução rápida e sem muito trabalho (pois não estava a fim de nenhuma adaptação como uma chave hotel, por exemplo, e muito menos qualquer outra coisa mais complicada e que levasse muito tempo pra desenvolver) ainda no ano passado comprei uma lâmpada de controle remoto.

Lâmpada Super LED A60 e controle remoto

Logo depois que instalei, percebi que não atenderia minha necessidade, pois a intensidade da luz é muita fraca, devido a baixa potência. O modelo que comprei foi a Super LED A60 RGB da FLC. Ela possui 5W de potência, 16 cores (incluindo a branca que funciona como uma lâmpada de LED normal), 5 níveis de intensidade e na embalagem diz que o controle alcança até 7 metros de distância. Utilizei a lâmpada por um dia apenas para experimentar e ela parou de funcionar (talvez soltou algum fio ou alguma solda interna, pois eu fixei e desafixei ela algumas vezes). Por isso, resolvi ir na loja (já que na caixa diz que tem um ano de garantia) pra trocar. Eu até preferi não questionar muito pedindo por outro produto, quem sabe, (pois talvez eu tivesse culpa, já que uma lâmpada não é feita pra ficar tirando e colocando várias vezes) então troquei por outra de mesmo modelo e deixei lacrada, não utilizando até hoje.

Emitindo luz na cor azul

Mas eu estava pensando e lembrei que gastei R$ 89,90 em um produto que não estava usando, podendo virar item daqueles leilões de garagem americanos, arrematado por qualquer US$ 2 daqui alguns anos (isso se eu morasse nos EUA). Aí como eu já havia colocado um suporte perto da porta pra algum dia talvez colocar essa tal lâmpada (deixando ela como segunda opção), resolvi instalar.


Sinceramente não vai agregar muita coisa, pois acho que vou utilizar muito pouco (sempre vou esquecer e ligar a lâmpada principal). Mas pra quem gosta de viver na penumbra embaixo de uma luz de balada, talvez seja uma opção interessante.

P.S.: Desculpe pelo vídeo e as imagens na vertical mas a intenção é basicamente demonstrar a lâmpada e acabei não atentando muito no visual.

Lenovo vende CCE aos seus antigos donos

Em setembro de 2012 anunciei no Zoom Digital a compra da brasileira CCE pela chinesa Lenovo, gerando uma transação de R$ 300 milhões. Porém, quase três anos depois dessa aquisição, com negociações em tramite desde agosto de 2015 mas sendo divulgadas apenas agora, a assessoria da Lenovo afirma que a empresa vendeu a CCE de volta aos seus antigos donos, a família Sverner, detentora do grupo Digibrás Participações.


Em comunicado, a Lenovo afirmou que a venda é parte dos seus esforços para aprimorar a eficiência operacional e a rentabilidade do negócio de PCs no Brasil e no mundo, além de reforçar seu comprometimento com o mercado nacional e seus consumidores, mantendo suas operações na fábrica de Itu/SP, a linha Premium de PCs, servidores e produtos com a marca Motorola, adquirida do Google por US$ 2,9 bilhões em 2014.

Os valores dessa nova transação não foram revelados mas especulações afirmam que nenhum valor foi envolvido, pois conforme o acordo fechado entre a Lenovo e a família Sverner em 2012, parte do pagamento seria realizado em parcelas mediante os lucros da companhia (o que é chamado de "earn out"). No entanto, como a Lenovo parece ter mudado seu objetivo, desejando investir apenas em computadores com maior valor agregado, optou por não pagar as parcelas e devolver o negócio. Segundo um executivo próximo, a família Sverner sai em vantagem, pois está recebendo uma operação bem mais organizada, que em pouco tempo foi multiplicada e melhor valorizada no país, passando de US$ 400 milhões para US$ 1,5 bilhão.

quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Jogando no Mega Drive Portátil (Tectoy MD Play)

Tive o prazer de jogar em um Mega Drive III por cerca de dois anos, pois logo depois ele acabou sendo substituído por um PS1 por motivo de força maior: meu irmão. Mesmo jogando por pouco tempo naquele console, fiquei vislumbrado com os games, e a época, lá por 2003 e 2004, também colaborou.

Ano passado, durante um passeio com a namorada no shopping, passamos por um vitrine e vi um MD Play, uma remodelagem do clássico Mega Drive em versão mobile, também fabricado pela Tectoy. Eu já conhecia esse modelo, pois ele foi lançado em meados de 2009, mas até aquele momento, nunca tinha desejado ter um. No entanto, ver e pegar o brinquedo pessoalmente é uma tentação pra dizer shut up and take my money.

MD Play e acessórios (carregador 5V/1A, cabo USB x mini USB para alimentação e cabo RCA para conexão com a TV)

Os meses passaram e acabei não dedicando tempo suficiente pra jogar e explorar meu novo vídeo game. Mas agora durante as férias do trabalho, aproveitei pra recuperar um pouco do tempo perdido.

MD Play - Jogando Golden Axe

O aparelhinho já vem com 20 jogos embutidos na memória, possui tela de 2,8 polegadas, saída para TV, bateria recarregável com autonomia de até 3h e 30 min, além de uma entrada para cartão SD (o que a Tectoy chamou de "entrada para MD Card Game"). Quanto ao preço, como eu comprei o meu em loja física, acabei pagando um pouco mais caro (R$ 199,00 reais) mas acredito que comprando online é possível conseguir por um preço menor.

Conexões (esq. para dir.) - Ajuste de volume, MD Card Game, saída para TV, mini USB e LED indicativo de bateria

Conexões (esq. para dir.) - fone de ouvido e botão power

A grande jogada da entrada para MD Card Game é que ao contrário de precisar utilizar os cartões vendidos separadamente pela Tectoy com jogos extras, é possível utilizar qualquer cartão de memória do padrão SD, bastando que o mesmo esteja formatado e com uma pasta chamada "GAME" criada na raiz do cartão, na qual, devem ser copiados os arquivos ROM (apenas no formato ".bin") que contemplam os jogos desejados. Dessa forma, facilmente o console funciona como um bom e velho emulador.

O Mega Drive Portátil é uma ótima pedida pra qualquer amante dos jogos consagrados pela história. É uma maneira de relembrar os bons momentos da infância, jogando no MD III, quando ele ainda era o principal console da casa.

quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Uma passada pela Mostratec 2015

Não são todos os anos que consigo passar pela Mostratec (Mostra Brasileira e Internacional de Ciência e Tecnologia). Mas nesse, aproveitei as férias pra tirar algumas horas e visitar o evento. A feira ocorre anualmente, em meados de outubro, promovida e idealizada pela Fundação Liberato e já faz alguns anos que vem ocorrendo nos pavilhões da FENAC em Novo Hambrugo/RS. Nesse ano o evento celebrou sua trigésima edição e aconteceu durante a semana passada, entre os dias 26 e 30.

30ª Mostratec

Foram 380 projetos apresentados por estudantes de 19 países, além de outros 160 projetos elaborados por estudantes do ensino fundamental, compondo a Mostratec Júnior, uma iniciativa que surgiu dentro da própria feira, funcionando como oportunidade para os mais jovens também demonstrarem seu potencial criativo.

Foto/reprodução: http://www.jornalnh.com.br/
30ª Mostratec - Premiação

E como toda a feira acaba criando um certo viés competitivo, na noite de sexta-feira (dia 30), a cerimônia de reconhecimento e certificação aos melhores colocados foi realizada no Teatro Feevale. A premiação foi desde troféus e medalhas até bolsas de estudo e oportunidades para participar de feiras no exterior.

30ª Mostratec - Estandes

30ª Mostratec - Estandes

Em paralelo com a Mostratec e Mostratec Júnior, também ocorreram as competições de Robótica Educacional, o SIET (Seminário Internacional de Educação Tecnológica), além da 33ª Feira Regional do Livro de Novo Hamburgo, que não ocupou propriamente o mesmo espaço das demais atividades, mas proporcionou aos visitantes a oportunidade de prestigiar mais essa atração na entrada ou saída do centro de eventos da FENAC. É importante lembrar que todo o evento contou com diversos patrocinadores, apoiadores e instituições parceiras (como Intel, Unesco e CNPq) que também trouxeram um pouco das suas experiências com ciência e tecnologia pra demonstrar aos visitantes e participantes, o que engrandeceu e valorizou muito todo o cenário.

Foto/reprodução: www.facebook.com/Liberato-Salzano-Vieira-da-Cunha
Mostratec Júnior

Robótica Educacional 

Diferente dos anos anteriores que andei pela Mostratec, nessa vez acabei não registrando nenhuma outra foto (além das que compartilhei acima) ou tomando nota de algum projeto que fiquei interessado pra depois comentar por aqui. Realmente foi uma visita rápida e sem muito compromisso, mas mesmo assim, acho válido deixar o registro.

Para maiores detalhes, visite o site oficial da feira, assim como a página no Facebook tanto do evento quanto da Fundação Liberato.

terça-feira, 3 de novembro de 2015

Carregador portátil de bateria: Avanço Tecnologia e Power Bank

Em tempos que levar tablets e smartphones pra lá e pra cá não é nada fora do comum, usar um carregador portátil é uma mão na roda pra evitar o risco de ficar sem bateria em qualquer um desses dispositivos. Por isso que sempre levo na mochila um modelo da Dotcell que adquiri no ano passado. No entanto, as vezes quero colocar ele no bolso pra deixar junto com o telefone enquanto carrega, mas como ele não é muito pequeno (mais ou menos do tamanho de um HD externo) fica desconfortável. Portanto, resolvi comprar e testar dois modelos menores e mais simples.

Carregador portátil: Power Bank (esq) e Avanço Tecnologia (dir)

O primeiro é o modelo PB-01 da Avanço Tecnologia. Adquiri ele em um desses saldões em uma rede varejista. As características técnicas são:

Capacidade: 2600 mAh
Conexões: 1 porta USB (saída) e 1 porta micro USB (entrada)
Tensão de entrada: DC 5V
Tensão de saída: DC 5V (1A)
Dimensões: 9,2 x 3,0 x 2,2 cm
Acompanha: 1 mini cabo USB x micro USB
Preço: R$ 29,90 reais

Avanço Tecnologia, modelo PB-01

Durante os testes esse modelo carregou de 0 à 100% a bateria do Nokia Lumia 620 e conseguiu carregar o suficiente pra ligar o Asus Fonepad que também estava totalmente sem bateria.

O segundo é o modelo A5 da Power Bank. Adquiri ele em uma loja de conveniência. As características técnicas são:

Capacidade: 18000 mAh (conforme embalagem e etiqueta colada na parte traseira da carcaça)
Conexões: 1 porta USB (saída) e 1 porta micro USB (entrada)
Tensão de entrada: DC 5V
Tensão de saída: DC 5V (1A)
Dimensões: 9,6 x 2,4 x 2,2 cm
Acompanha: 1 cabo USB x micro USB + Apple 30 pinos + Apple Lightning e uma argola para chaveiro
Preço: R$ 21,00 reais

Power Bank, modelo A5

Durante os testes esse modelo carregou apenas de 0 à 61% a bateria do Nokia Lumia 620.

Após os testes, percebemos que o modelo da Power Bank promete uma autonomia imensamente superior, mas irreal, pois ficou pra trás no comparativo de carga do mesmo modelo de smartphone. Portanto, mesmo considerando a diferença no preço, a minha preferência fica para o modelo da Avanço que pode não ser esteticamente tão bonito e descolado, mas atende a autonomia que promete.

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Essa ideia foi minha

Ao longo da história, brigas por patentes, propriedade intelectual e alegações que delegam o direito de alguém ser dono de determinado produto ou ideia foram e ainda são muito frequentes. É comum mais de uma pessoa ter a mesma ideia. Não tem como evitar isso. Mas o que seria bom é conseguir contestar e ser recompensado com tanta facilidade:

clique na imagem para ampliar

Quadro 1: "Cara, eu tive essa ideia a mais ou menos cinco anos atrás e alguma empresa está ficando rica com isso. Eu quero a minha parte."
Quadro 2: "Estou contestando minha metade agora.", "Isso não funciona assim. Espere, o que?"
Quadro 3: "Data que você teve a ideia: Mais ou menos cinco anos atrás", "Prova que você registrou: Eu contei ao meu amigo Mike - Vocês podem perguntar pra ele! Eu pensei em tudo 'como fazer negócios com uma ótima ideia?' e ele...", "Lucro deles até agora: $ 20 mil", "Quanto você deseja (seja justo): 30%", "Endereço..."

Fonte: xkcd

quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Já pensou em uma guerra de robôs?

Sim, você já pensou, mas não nesse tipo de guerra que estamos falando. Mesmo que indiretamente entre alguma postagem e outra aqui no blog, já falamos sobre artificial intelligence (AI) ou inteligência artificial (IA) em português. Pois é nesse ponto que queremos chegar. Imagine duas AI discutindo livremente, sem intervenção humana, apenas expondo o que sabem, uma contra a outra?

AI vs AI

Bom, acho que esse vídeo é o resultado:


Fonte: Indicado pelo Jabel Fontoura

Antes de comprar uma casa, saiba se ela não é mal-assombrada

Diversos critérios são utilizados por compradores antes de "bater o martelo" quando estão negociando um imóvel. Mas durante esse processo, será que nunca ninguém parou pra pensar se aquele endereço não foi palco de algum assassinato ou coisa parecida?

É um tanto assustador e estranho pensar nisso. Mas essa é a ideia do site DiedInHouse. A partir do mesmo é possível buscar qualquer endereço dentro dos EUA e mediante o pagamento de uma taxa de US$ 11,99 dólares, saber se aquela residência tem algum vínculo com mortes. As informações são extraídas de obituários, notícias e outras fontes que o criador da página, Roy Condrey, prefere não revelar.

DiedInHouse.com

Condrey conta que a ideia de criar o site surgiu depois que precisou trocar o ar-condicionado de um dos seus imóveis e seu inquilino disse que achava que o lugar era mal-assombrado. Por curiosidade, ele tentou procurar no Google e apenas encontrou pessoas também querendo saber se as suas casas são mal-assombradas.  

O DeadInHouse existe desde 2013 e mais de 4,5 milhões de imóveis estão cadastrados, contemplando os 50 estados americanos, enquanto mais de 30 mil buscas já foram realizadas. Os planos são estender o negócio para outros países também.

Fonte: Exame

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Percentual de bateria


Quando os celulares nem se importavam com bateria...

Fonte: Velhos Tempos via Instagram

terça-feira, 27 de outubro de 2015

Se trabalhar com eletrônica, não seja igual esse cara

"Inventor atrapalhado"

É nessas horas que um vídeo vale mais que mil palavras:


UPDATE [29/10/15]: Quando publiquei a postagem acabei indexando o vídeo de uma página do Facebook chamada Site do Julio Fantasma (não merece ser "linkado"). Porém, hoje fui ver e o conteúdo foi removido. Por isso, tive que procurar novas referências no YouTube, sendo o que temos acima, o que praticamente é a mesma coisa. E pra quem interessar, encontrei o canal ElectroBOOM, que é de autoria do próprio Mehdi Sadaghdar, um engenheiro eletroeletrônico de nacionalidade iraniana e canadense que mora em Vancouver no Canadá.

Fonte: Indicado pelo Jabel Fontoura

domingo, 25 de outubro de 2015

Mais um aniversário que chega

Antes de começar a escrever essa postagem, eu estava relendo os textos que tenho publicado ao longo dos anos, comemorando o aniversário do Geek Fail. Todos trazem um pouco da história do blog. E lendo isso, percebi que talvez nós não evoluímos muito durante esse tempo. Em termos de estrutura, acessos e todas essas coisas que os blogs grandes recebem e oferecem, ficamos na lanterna. Continuamos pequenos, na mesma plataforma, no mesmo tema e no mesmo ritmo de postagens. Definitivamente a internet é coisa pra gente grande.

Geek Fail

Mas ao mesmo tempo que penso tudo isso, uma satisfação imensa toma conta do meu coração. Estou certo de que faço pouco, mas faço o que gosto. Tive uma ideia e ela se tornou realidade. É um projeto pequeno, mas consigo conduzir com meus próprios esforços.

 Geek Fail, 6 anos de história

E é isso que o Geek Fail significa pra mim. Esse é o Geek Fail pra internet. Esse é o Geek Fail pra você, caro leitor e amigo, que vem nos acompanhando durante 6 anos. 

Fica aqui o nosso muito obrigado! Obrigado pela parceria, obrigado pela sua visita!

Um abraço,

Joatan Fontoura
Editor Geral e Criador