terça-feira, 5 de janeiro de 2021

PIX: do apocalipse ao serviço de mensagens

PIX — o sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central (BC), desde antes do seu lançamento em 16 de novembro de 2020, já era alvo de teorias da conspiração internet afora. As especulações começaram principalmente depois de um comercial divulgado pelo Bradesco apresentando o produto. 

No vídeo, supostamente haveriam mensagens subliminares, sugerindo que a nova ferramenta do Bacen seria a precursora do apocalipse, promulgado por uma nova ordem mundial. Nesse regime, haveria um governo mundial e totalitário, onde circularia uma só moeda.

PIX da conspiração

Entretanto, tudo foi desmistificado pelo Boatos.org. Sem surpresa, para o alívio de todos, aparentemente podemos fazer um PIX sem medo de estar corroborando com algum conchavo obscuro.

PIX ao custo de 1 centavo para mandar mensagem

Agora, outro fato interessante envolvendo o PIX, foi do cara que terminou com a namorada, bloqueou ela em todas as redes sociais e aplicativos de mensagens, mas ela seguiu tentando comunicar-se. A maneira encontrada foi submeter "PIXes" no valor de R$ 0,01 centavo, utilizando os 140 caracteres disponíveis para escrever uma mensagem ao favorecido.

Acho pouco provável que o pessoal do BC tenha mapeado esses "casos de uso" durante o projeto. Nada supera a criatividade humana.